Noticias

Este homem tem uma relação afetiva com comida de avião

Foto: Reprodução
Muita gente reclama de comida de avião, mas este homem nunca fez isso. Algumas memórias de Nik Sennhauser da infância são de voos de longa distância – e de comer em um avião.

+Jantar em 1ª classe de avião parado custa até R$ 3.000 no Japão
+AirAsia abre restaurante na Malásia que serve apenas “comida de avião”
+Reservas para jantar dentro de avião se esgotam em 30 minutos

“Eu cresci entre a Áustria e a Tailândia, então, pegava um avião a cada dois ou três meses”, lembra, em entrevista à CNN.

 

Por isso, sem poder viajar durante a pandemia, ele começou a recriar as refeições que fazia nas alturas e a compartilhar suas criações no Instagram. Todo fim de semana, ele procura referências em suas fotos antigas e escolhe algo para recriar do zero.

 

https://www.instagram.com/p/CKtLhqRhS7Q/

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana